February 11, 2019 / 12:27 PM / 4 months ago

Secretaria de Mineração do governo abre processo administrativo sobre Brumadinho

Visão geral de danos causados por rompimento de barragem em Brumadinho (MG) 25/01/2019 REUTERS/Washington Alves

SÃO PAULO (Reuters) - A secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia determinou instauração de processo administrativo relacionado ao desastre gerado pelo rompimento de uma barragem de mineração da Vale em Brumadinho (MG) no mês passado, segundo publicação da pasta no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

O rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, em 25 de janeiro, deixou 157 mortos e 182 desaparecidos, além de uma onda de lama que tem avançado pelo rio Paraopeba.

De acordo com o despacho da secretaria de Mineração, o processo administrativo terá como objetivo coletar todas informações, dados, documentos, manifestações e decisões tomadas na secretaria com relação ao rompimento da barragem.

“O processo... servirá para a adoção das providências que se fizerem necessárias quanto à prevenção, controle e mitigação das consequências dos danos provocados pelo rompimento da barragem B1 do Complexo da Mina Córrego do Feijão, bem como para adoção de providências afins quanto à segurança de barragens afetas a esta secretaria”, escreveu.

A portaria é assinada pelo secretário de Geologia e Mineração, Alexandre Vidigal de Oliveira, e tem data de 1° de fevereiro.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below