February 14, 2019 / 1:57 PM / 6 months ago

Pedidos de auxílio-desemprego sobem nos EUA, média móvel de 4 semanas tem máxima de 1 ano

Pessoas aguardam em feira de empregos em Uniondale, nos Estados Unidos 07/10/2014 REUTERS/Shannon Stapleton

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que entraram com pedidos de auxílio-desemprego subiu inesperadamente na semana passada, levando a média móvel de quatro semanas para o nível mais alto em pouco mais de um ano, o que sugere moderação no crescimento dos empregos.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram em 4 mil, para 239 mil em dados ajustados sazonalmente, na semana encerrada em 9 de fevereiro, informou nesta quinta-feira o Departamento do Trabalho.

Economistas consultados pela Reuters projetavam queda para 225 mil pedidos.

A média móvel de quatro semanas, considerada uma medida melhor das tendências do mercado de trabalho já que elimina a volatilidade semanal, aumentou em 6.750, para 231.750 na semana passada, nível mais alto desde janeiro de 2018.

Reportagem de Lucia Mutikani

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below