February 18, 2019 / 12:31 PM / 3 months ago

Crescimento alemão deve continuar fraco no primeiro semestre, diz Bundesbank

FRANKFURT (Reuters) - A economia da Alemanha continuará a enfrentar dificuldades na primeira metade do ano, mas indicadores ainda sugerem que a desaceleração pode ser temporária, com uma recuperação sendo possível no segundo semestre, afirmou o banco central alemão, Bundesbank, nesta segunda-feira.

A economia alemã estagnou no quarto trimestre e autoridades monetárias estão cada vez mais preocupadas de que a fraqueza na maior economia da Europa possa ser maior e mais longa que o previsto, um risco para todo o continente.

Encomendas fracas à indústria, indicadores de confiança cada vez mais pessimistas e investimentos lentos sugerem que a economia não devem ganhar força durante os meses de inverno no hemisfério norte, afirmou o Bundesbank.

“Tudo isso sugere que o ritmo da economia deve continuar contido pelo menos no primeiro semestre do ano”, afirmou o banco central.

Porém, a autoridade monetária afirmou que as exportações de veículos, um grande peso para o resultado do final de 2018, estão começando a se normalizar. O Bundesbank disse ainda que o mercado de trabalho continua saudável e que a renda elevada sugere que o consumo privado vai se recuperar.

Por Balazs Koranyi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below