February 19, 2019 / 4:59 PM / 6 months ago

Consumo de energia no Brasil dispara 6,6% em janeiro por calor, diz ONS

Linhas de transmissão de energia em Brasília 31/08/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

SÃO PAULO (Reuters) - A demanda por eletricidade no Brasil disparou em janeiro devido a “temperaturas extremamente elevadas” principalmente no Sul e no Sudeste/Centro-Oeste, disse o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) em boletim nesta terça-feira, que apontou alta de 6,6 por cento na carga ante mesmo mês de 2018.

A carga de energia, que representa soma do consumo com as perdas na rede, cresceu 7,8 por cento frente a dezembro, enquanto no acumulado dos últimos 12 meses houve alta de 2 por cento ante mesmo período anterior.

Se excluídos fatores fortuitos e não econômicos que influenciam a demanda, a elevação na demanda em janeiro teria sido de cerca de 4,4 por cento ante o mesmo mês de 2018, acrescentou o ONS.

Segundo o operador, o ritmo da produção industrial continuou lento, porém a ocorrência de temperaturas elevadas, principalmente nos subsistemas Sul e Sudeste/Centro-Oeste, resultaram no aumento da carga de refrigeração, contribuindo para a taxa de crescimento da carga no mês.

A carga de energia cresceu principalmente no Sul, com alta de 8,8 por cento na comparação anual, e no Sudeste/Centro-Oeste, com 7,8 por cento. No Nordeste e no Norte houve expansão em menor ritmo, de 2,8 por cento e 0,6 por cento, respectivamente.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below