February 19, 2019 / 11:29 PM / 6 months ago

Lucro da Engie Brasil Energia sobe 15,5% em 2018 para R$2,3 bi

SÃO PAULO (Reuters) - A Engie Brasil Energia reportou nesta terça-feira lucro líquido de 2,3 bilhões de reais em 2018, alta de 15,5 por cento na comparação com o ano anterior, após ter registrado uma parte importante do resultado do ano passado no quarto trimestre.

Logo da empresa energética Engie 16/05/2018 REUTERS/Charles Platiau

No último trimestre de 2018, a empresa teve lucro líquido de 761,6 milhões de reais, alta de 8,1 por cento ante o mesmo período de 2017.

A elétrica, líder privada em geração no Brasil, informou ter obtido aumento de 25,5 por cento na receita operacional líquida no ano passado, para cerca de 8,8 bilhões de reais, com impulso de aumento na capacidade de instalada de geração, após a incorporação das usinas hidrelétricas Jaguara e Miranda.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) atingiu 4,36 bilhões em 2018, aumento de 24,1 por cento, ajudado pelas operações de trading, disse a empresa.

A produção de energia elétrica nas usinas operadas pela Engie foi de 5.474 MW médios no quarto trimestre, resultado 30,8 por cento superior ao mesmo período de 2017. Do total gerado, as usinas hidrelétricas foram responsáveis por 4.749 MW médios.

Em 2018, a produção total de energia alcançou 4.491 MW médios, alta de 8,3 por cento ante 2017, com as usinas hídricas respondendo por 3.784 MW médios.

Por outro lado, Engie Brasil Energia reportou aumento de 49,6 por cento na dívida líquida ao final do quarto trimestre, para 6,8 bilhões de reais.

DIVIDENDOS, INVESTIMENTOS

A Engie Brasil Energia informou ainda que seu conselho aprovou investimentos no conjunto eólico Campo Largo Fase 2, em um valor de 1,6 bilhão de reais no projeto que entra em operação em 2021.

Localizado nos municípios de Sento Sé e Umburanas (BA), o empreendimento terá 361,2 MW em capacidade instalada.

“A produção de Campo Largo 2 será totalmente direcionada para atender a crescente demanda de energia no Ambiente de Contratação Livre (ACL)”, por meio do portfólio de clientes atendidos pela comercializadora da companhia.

O conselho da companhia aprovou ainda a proposta de dividendos complementares no montante de 76,7 milhões de reais, a ser ratificada pela assembleia geral ordinária. Assim, o total de proventos relativos a 2018 atingirá cerca de 2,27 bilhões de reais, equivalente a 100 por cento do lucro líquido distribuível ajustado.

A empresa informou ainda que a partir de 15 de março o diretor-presidente, Eduardo Sattamini, acumulará interinamente o cargo de diretor financeiro e de RI, substituindo Carlos Freitas que renunciou ao posto para assumir um novo desafio profissional.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below