February 20, 2019 / 2:16 PM / 6 months ago

Engie mira ativos em transmissão e pode avaliar fatia da Cemig na Taesa, diz CEO

SÃO PAULO (Reuters) - A elétrica francesa Engie está de olho em oportunidades de investimento e expansão em transmissão de energia no Brasil e poderia avaliar a aquisição de uma fatia na transmissora Taesa caso a estatal mineira Cemig decida deixar o negócio, no qual é sócia da colombiana Isa, disse nesta quarta-feira o CEO da Engie Brasil Energia, Eduardo Sattamini.

“Não vejo problema, é um ativo que eu acredito que vindo a mercado a gente olharia. Óbvio, teria que ter uma conversa com a Isa, sobre como a gente operaria (o ativo), mas se fosse uma co-gestão, algo que a gente possa contribuir, acho que seria bem-vindo”, afirmou ele a jornalistas, após participar de encontro com investidores em São Paulo.

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Partido Novo), afirmou no início de janeiro que a Cemig poderia vender sua participação na Taesa, uma vez que uma operação como essa não exigiria aval prévio do legislativo estadual, como seria necessário no caso de uma privatização da própria Cemig.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below