February 21, 2019 / 10:53 PM / 5 months ago

Biosev investe R$378 mi; compra 73 colhedoras de cana e amplia moagem

SÃO PAULO (Reuters) - A Biosev, uma das maiores do setor de açúcar e etanol no Brasil, controlada pela Louis Dreyfus, anunciou nesta quinta-feira investimento de cerca de 378 milhões de reais, em período que antecede o início da safra 2019/2020.

Vista de uma usina de processamento de cana-de-açúcar 18/09/2014 REUTERS/Paulo Whitaker

Os investimentos em melhorias para as operações agrícola e industrial, em todas as usinas da empresa, incluem a compra de 73 novas colhedoras e 33 caminhões, além da expansão da moagem e de unidades produtivas de etanol, segundo nota divulgada pela companhia.

“Estamos nos preparando para que possamos alcançar os melhores resultados durante a próxima safra, ganhando eficiência operacional para melhorar a geração de caixa”, disse o presidente-executivo, Juan José Blanchard.

A safra 2019/20 do centro-sul começa oficialmente em abril.

Os investimentos fazem parte do planejamento da empresa para a entressafra e estão alinhados com a estratégia de tornar a operação agroindustrial mais produtiva e rentável, destacou a Biosev.

Na indústria, os investimentos somaram mais de 270 milhões de reais distribuídos em oito plantas industriais.

Nas duas unidades no município de Rio Brilhante (MS), por exemplo, a capacidade de moagem somada foi ampliada em 3.000 toneladas/dia.

Além disso, em unidade sul-mato-grossense foi instalado um aparelho de destilação que permitirá uma produção adicional de 250 metros cúbicos/dia de etanol.

Outro ganho nas unidades de Mato Grosso do Sul foi o aumento da capacidade de estoque de melaço, que pode ser convertido em etanol em momentos oportunos, “flexibilizando o mix de produção conforme estratégia da companhia”.

Na unidade Vale do Rosário (em Morro Agudo, SP), disse a empresa, “as melhorias garantiram o aumento da capacidade de moagem em 1.000 toneladas/dia.

Na mesma unidade, houve a instalação de mais uma coluna na destilaria, que elevou a capacidade de produção de etanol anidro em 240 metros cúbicos/dia.

A unidade Santa Elisa (Sertãozinho, SP) também recebeu um aparelho novo em sua destilaria, com capacidade para produção de 600 metros cúbicos/dia de etanol.

Na unidade Lagoa da Prata (MG) foram instalados sistemas de regeneração de caldo e vinhaça, que realizam trocas térmicas no processo, utilizando menos vapor —dessa forma é possível reduzir o uso de vapor da caldeira e economizar o bagaço, que pode ser direcionado para incremento na geração de energia.

A Biosev tem capacidade de produção de 2,5 milhões de toneladas de açúcar e 1,6 milhão de metros cúbicos de etanol, além de capacidade de cogeração para venda de 1.346 Gwh de energia elétrica proveniente da biomassa.

O investimento foi anunciado após a Biosev ter reportado na semana passada prejuízo trimestral relacionado principalmente à desvalorização da moeda brasileira.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below