February 27, 2019 / 11:52 AM / 21 days ago

Fraqueza do crescimento alemão persiste mas pessimismo não é justificado, diz BC

FRANKFURT (Reuters) - A fraqueza do crescimento da Alemanha se estendeu para 2019 mas os fundamentos de uma recuperação permanecem, disse o presidente do banco central do país, Jens Weidmann, nesta quarta-feira, ao apresentar o relatório anual de 2018.

O crescimento na Alemanha, maior economia da zona do euro, estagnou no segundo semestre do ano passado e crescem os temores de que as dificuldades podem não ser tão temporárias quanto imaginado inicialmente, um potencial peso para todo o bloco monetário.

O Bundesbank disse que o crescimento este ano ficará “bem abaixo” de sua taxa potencial de 1,5 por cento uma vez que a queda, cuja expectativa era de que acabasse no ano passado, ainda persiste.

“Há muito para sugerir que a queda no crescimento aqui na Alemanha persistiu até este ano...e é provavelmente por isso que o crescimento econômico alemão ficará bem abaixo da taxa potencial de 1,5 por cento em 2019”, disse Weidmann.

Mas ele afirmou que não há motivo para pessimismo uma vez que os pré-requisitos para mais expansão permanecem sólidos, dado que o financiamento continua barato, o emprego está expandindo e os salários sobem.

Reportagem de Balazs Koranyi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below