March 4, 2019 / 9:27 PM / 14 days ago

Petróleo sobe cerca de 1% com otimismo sobre EUA-China, cortes em oferta

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram cerca de 1 por cento nesta segunda-feira, conforme os Estados Unidos e a China parecem estar mais perto de acabar uma guerra comercial que afetou o crescimento econômico global, enquanto a Rússia disse que iria aumentar seus cortes na oferta da commodity.

Os ganhos foram atenuados por uma queda nos índices de ações, que contaminou o mercado de petróleo. [.N]

O contrato Brent fechou a 65,67 dólares o barril, alta de 0,9 por cento. O norte-americano West Texas Intermediate (WTI) avançou 1,4 por cento, a 56,59 dólares o barril.

Washington e Pequim estavam perto de chegar a um acordo comercial que reduziria as tarifas norte-americanas em pelo menos 200 bilhões de dólares em bens chineses, enquanto a China prometendo mudanças econômicas estruturais e encerrando tarifas retaliatórias, disse uma fonte a par das negociações.

A Rússia, por sua vez, maior aliado não-membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, planeja acelerar os cortes na produção de petróleo este mês, disse o ministro da Energia, Alexander Novak.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below