March 7, 2019 / 10:36 AM / 4 months ago

Exportações, investimento e consumo ajudam crescimento do PIB da zona do euro no 4º tri

Símbolos do euro e da União Europeia 20/11/2017 REUTERS/Kai Pfaffenbach

BRUXELAS (Reuters) - As exportações, investimentos e consumo ajudaram o crescimento econômico da zona do euro no último trimestre de 2018, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira, compensando a forte queda nos estoques.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, confirmou sua estimativa anterior de que o Produto Interno Bruto nos 19 países que usam o euro subiu 0,2 por cento no período entre outubro e dezembro na comparação trimestral.

Mas revisou a 1,1 por cento a leitura da comparação anual no quarto trimestre, de 1,2 por cento estimado em fevereiro.

Os números confirmam uma desaceleração na economia da zona do euro depois de taxas de crescimento mais robustas nos primeiro e segundo trimestres de 2018, um fator que os mercados esperam que o Banco Central Europeu leve em consideração retirando mais lentamente seu estímulo monetário à economia.

A Eurostat informou que o consumo das famílias e do governo acrescentou 0,1 ponto percentual cada um ao resultado final de crescimento trimestral e os investimentos também contribuíram positivamente com 0,1 ponto. O comércio acrescentou 0,2 ponto, ajudando a compensar a queda de 0,4 ponto nos estoques.

Reportagem de Jan Strupczewski

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below