March 7, 2019 / 12:36 PM / 4 months ago

Província chinesa de Hebei cortará produção de aço para melhorar qualidade do ar

PEQUIM (Reuters) - O maior polo siderúrgico da China, em Hebei, cortará 14 milhões de toneladas de capacidade anual de produção de aço neste ano e no próximo, na tentativa de melhorar a qualidade do ar, disse o chefe do Partido Comunista da província nesta quinta-feira.

Falando em uma reunião de delegados de Hebei no Congresso Nacional Popular em Pequim, Wang Dongfeng disse também que a província reduziria sua concentração de PM2.5 —partículas com menos de 2,5 micrômetros de diâmetro no ar— em pelo menos 5 por cento este ano ante os níveis de 2018.

“Nós preferimos sacrificar o PIB para proteger o céu azul em Pequim. Essa é uma tarefa política”, disse Wang.

Hebei fica nas proximidades de Pequim, no norte da China, e tem sido culpada por grande parte da poluição que se espalha sobre a capital chinesa.

Apesar dos fechamentos de capacidade, a província produziu cerca de 237 milhões de toneladas de aço bruto em 2018, segundo o Departamento Nacional de Estatísticas, cerca de 50 milhões de toneladas a mais que em 2014 e representando mais de um quarto do total produzido na China, o maior produtor global de aço.

As oito cidades de Hebei que estão sujeitas a controles especiais de poluição também viram o problema aumentar neste inverno, com o PM2.5 médio atingindo 91 microgramas de outubro a fevereiro, um aumento de 11 por cento em relação ao ano anterior, de acordo com cálculos da Reuters.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below