for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Vale diz que "adotará medidas cabíveis" após novo bloqueio judicial de R$1 bi

Logo da mineradora Vale em Brumadinho, Minas Gerais 29/01/2019 REUTERS/Adriano Machado

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale informou que tomou conhecimento de decisão liminar da Justiça de Nova Lima, em Minas Gerais, que determinou bloqueio de 1 bilhão de reais da companhia para garantir eventual ressarcimento de prejuízos após a evacuação de moradores na comunidade São Sebastião das Águas Claras-Macacos.

“A companhia ainda não foi formalmente notificada da decisão e adotará as medidas cabíveis no prazo legal”, disse a Vale em fato relevante nesta segunda-feira.

Além do bloqueio, a decisão determinou também que a Vale arque com custos de acolhimento, abrigamento, manutenção e alimentação da população evacuada e adote outras medidas para garantir assistência aos afetados.

O Ministério Público em Minas Gerais havia pedido na semana passada o bloqueio de 2 bilhões de reais da Vale pela evacuação em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, realizada preventivamente semanas após o desastre em barragem da empresa em Brumadinho (MG) devido ao acionamento de um plano de ação de emergência da mina Mar Azul.

Por Luciano Costa

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up