March 18, 2019 / 1:13 PM / a month ago

Indústria da Alemanha pesará sobre crescimento de novo, diz banco central

FRANKFURT (Reuters) - O crescimento econômico da Alemanha permaneceu fraco no primeiro trimestre, pressionado pela produção industrial lenta, queda da demanda de exportação por carros e deterioração da confiança industrial, afirmou o banco central do país em relatório mensal nesta segunda-feira.

Lidando com uma fraqueza inesperada entre suas montadoras, a Alemanha evitou por pouco uma recessão no trimestre passado. Novos indicadores sugerem que qualquer recuperação será, na melhor das hipóteses, lenta.

As montadoras sofreram neste trimestre com uma greve em uma importante fábrica de motores, mas o recuo nas encomendas de exportação de fora da zona do euro sugere questões mais profundas, em vez de fatores únicos como sugerido anteriormente.

“O setor manufatureiro pode portanto pesar sobre o crescimento econômico geral pelo terceiro trimestre seguido”, disse o Bundesbank em relatório.

Ainda assim, o aumento na construção e no consumo privado devem dar suporte para a economia durante o primeiro trimestre, disse o banco, destacando que o emprego continua a aumentar apesar da fraqueza no crescimento.

“O consumo privado, como sinalizado pelo forte aumento nas vendas varejistas, pode acelerar novamente de forma significativa”, disse o Bundesbank.

Reportagem de Balazs Koranyi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below