March 29, 2019 / 6:05 PM / 25 days ago

Safras cita clima e eleva previsões para soja e safrinha de milho do Brasil

SÃO PAULO (Reuters) - A safra de soja 2018/19 do Brasil deve alcançar 116,41 milhões de toneladas, projetou nesta sexta-feira a Safras & Mercado, em um aumento de quase 1 por cento frente a previsão anterior, conforme uma “melhora climática” após a estiagem de dezembro e janeiro não só estancou as perdas como também impulsionou os rendimentos em certas áreas.

Trabalhador inspeciona grãos de soja em Campos Lindos (TO) 18/02/2018 REUTERS/Ueslei Marcelino

Em fevereiro, a consultoria apontava para produção de 115,40 milhões de toneladas.

Apesar do reajuste, o volume ainda ficaria abaixo do recorde de pouco mais de 121 milhões de toneladas visto em 2017/18, segundo números da consultoria.

A revisão para cima se segue a de outras consultorias. Na véspera, a Agroconsult elevou sua projeção para a safra de soja do Brasil a 118 milhões de toneladas.

“A melhora climática registrada desde o final de janeiro na maior parte do país impediu o avanço das perdas no Centro-Oeste e no Sudeste, trazendo ainda boas condições para o desenvolvimento das lavouras da maior parte da região Sul”, explicou em nota o analista Luiz Fernando Roque, da Safras & Mercado.

Conforme ele, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Goiás tiveram as estimativas para produtividade de soja elevadas, enquanto a fronteira agrícola do Mapitoba (Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia) sofreu reajuste para baixo devido a condições climáticas mais adversas.

MILHO

A Safras & Mercado elevou também sua previsão para a segunda safra de milho 2018/19 no centro-sul do Brasil, a 68,16 milhões de toneladas, de 62,8 milhões na previsão anterior.

Tal como ocorre com a soja, a chamada safrinha está sendo beneficiada pelo tempo favorável dos últimos meses, após um plantio dentro de uma janela ideal.

“A estimativa de colheita da safrinha, em boas condições de desenvolvimento, melhorou bastante e deve compensar as perdas ocorridas por estiagem na safra de verão”, apontou o analista Paulo Molinari, da Safras & Mercado.

Conforme a consultoria, a primeira safra de milho, de verão, totalizou 24,56 milhões de toneladas no centro-sul.

Somando-se ambas, e aliando-as às perspectivas para Norte/Nordeste, a Safras & Mercado estima que o Brasil produzirá 99,56 milhões de toneladas de milho em 2018/19, ante 93,30 milhões na projeção anterior e alta de 24,35 por cento na comparação anual.

Por José Roberto Gomes

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below