April 1, 2019 / 2:58 PM / in 3 months

Dados favoráveis e expectativas comerciais impulsionam Wall Street

Pedestre caminha em Wall Street, em Nova York 03/01/2019 REUTERS/Shannon Stapleton

(Reuters) - Wall Street subia nesta segunda-feira, uma vez que dados favoráveis de indústria da China e dos Estados Unidos, além de mais indicações de progresso nas negociações comerciais entre EUA e ZChina, ajudavam a estender o otimismo do trimestre passado.

Às 11:56 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,88 por cento, a 26.157 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,784293 por cento, a 2.857 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,8 por cento, a 7.791 pontos

As ações dos EUA terminaram o primeiro trimestre demonstrando força, com o S&P 500 registrando o melhor trimestre desde 2009, uma vez que investidores apostam que os EUA e a China fecharão acordo para acabar com a guerra comercial.

O setor industrial da China voltou inesperadamente a crescer em março pela primeira vez em quatro meses, em um sinal de que as medidas de estímulo do governo podem estar lentamente ganhando tração.

Números da indústria dos EUA também vieram melhores do que o esperado, ajundando investidores a dar de ombros para dados fracos das vendas no varejo.

As ações de tecnologia e do setor financeiro davam o maior impulso ao S&P 500. Fabricantes de chips, que têm a maior parte de sua receita proveniente da China, também subiam.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below