April 5, 2019 / 10:20 PM / 17 days ago

EUA visam fornecimento de petróleo venezuelano a Cuba em novas sanções

Trabalhador coleta amostra de óleo bruto em um poço de petróleo operado pela petrolífera estatal venezuelana PDVSA em Morichal, Venezuela. 28/07/2011. REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

HOUSTON (Reuters) - Os Estados Unidos visaram nesta sexta-feira os carregamentos de petróleo da Venezuela para Cuba em sua mais recente rodada de sanções para pressionar o governo do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, tentando interromper o fornecimento crucial para a ilha comunista.

O Tesouro dos EUA impôs sanções contra 34 navios pertencentes ou operados pela petroleira estatal venezuelana PDVSA e contra duas companhias e uma embarcação que entregaram petróleo a Cuba em fevereiro e março.

“O Tesouro está tomando ações contra embarcações e entidades transportando petróleo, que fornecem um colete salva-vidas para manter o ilegítimo regime Maduro flutuando”, disse o secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, em comunicado.

“Cuba continua a lucrar com, e a apoiar, o ilegítimo regime Maduro através de esquemas de petróleo por repressão à medida que tenta manter Maduro no poder.”

A mais recente rodada de sanções dos Estados Unidos, anunciada mais cedo pelo vice-presidente, Mike Pence, durante discurso em Houston visa enfraquecer ainda mais o governo Maduro, depois que os EUA e a maior parte dos países do Ocidente reconheceram o líder da oposição Juan Guaidó como o presidente legítimo da Venezuela.

Reportagem de By Steve Holland e Mary Milliken

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below