April 11, 2019 / 1:47 PM / 10 days ago

Conab vê safra de soja do Brasil em 113,82 mi t, 1º aumento desde dezembro

SÃO PAULO (Reuters) - A safra de soja 2018/19 do Brasil, em fase final de colheita, deve totalizar 113,82 milhões de toneladas, projetou nesta quinta-feira a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na primeira revisão para cima desde dezembro.

Caminhão é carregado com grãos de soja em Primavera do Leste (MT) 07/02/2013 REUTERS/Paulo Whitaker

O reajuste se segue ao feito por outras consultorias e entidades e reflete a melhora climática a partir de fevereiro, que beneficiou lavouras de ciclo mais tardio, como as do Rio Grande do Sul e as da fronteira agrícola do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

Em dezembro, a Conab chegou a apostar em produção recorde de cerca de 120 milhões de toneladas de soja no Brasil na atual safra, puxada por uma área histórica de quase 36 milhões de hectares. De lá para cá, contudo, fez sucessivos cortes diante da estiagem e altas temperaturas em várias áreas produtoras, chegando a prever volume de 113,45 milhões no relatório de março.

Caso o volume se confirme, seria 4,6 por cento inferior ao recorde de 2017/18, mas ainda assim o terceiro maior da história.

Quanto aos embarques pelo Brasil, a Conab manteve sua estimativa em 70 milhões de toneladas no ciclo vigente. O país é o maior exportador mundial da commodity.

MILHO

A Conab também elevou sua projeção para a safra de milho total do país, a 94 milhões de toneladas em 2018/19, versus 92,81 milhões na perspectiva anterior e cerca de 80 milhões no ano passado.

“Enquanto o milho primeira safra perdeu espaço para feijão, cana-de-açúcar e pastagens, o outro (segunda safra) foi favorecido pela antecipação da colheita da soja e pela possibilidade do aproveitamento integral da janela climática, criando a expectativa de bons rendimentos na lavoura”, disse em nota o superintendente de Informações do Agronegócios da Conab, Cleverton Santana,

“A área do primeira safra sofreu uma redução de 1,3 por cento, mas o da segunda cresceu 6,1 por cento referente ao período anterior”, completou.

A Conab espera produção de 68,14 milhões de toneladas do chamado milho safrinha neste ano, em uma área de 12 milhões de hectares. As exportações do cereal em 2018/19 foram mantidas em 31 milhões de toneladas.

As revisões para cima tanto em soja quanto em milho ajudaram a puxar a perspectiva para a safra brasileira de cereais e oleaginosas em 2018/19, a 235,35 milhões de toneladas, de 233,28 milhões na previsão anterior e alta de 3,4 por cento ante o ano passado.

Por José Roberto Gomes

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below