April 11, 2019 / 3:12 PM / 2 months ago

Lagarde, do FMI, diz que adiamento do Brexit evita "resultado terrível"

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, durante reunião do FMI em Washington 11/04/2019 REUTERS/James Lawler Duggan

WASHINGTON (Reuters) - A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, afirmou nesta quinta-feira que o atraso na separação do Reino Unido da União Europeia evita o “terrível resultado” de um Brexit sem acordo que pressionaria ainda mais a economia global.

Lagarde disse em entrevista à imprensa, entretanto, que o acordo vai prolongar a incerteza e não resolverá as questões entre Reino Unido e UE.

“Pelo menos o Reino Unido não está saindo em 12 de abril sem um acordo. Dá tempo para discussões entre as várias partes envolvidas no Reino Unido. Provavelmente dá tempo para agentes econômicos se prepararem melhor para todas as opções, particularmente empresários industriais e trabalhadores, para tentar garantir seu futuro”, disse Lagarde.

“Um Brexit sem acordo teria um resultado terrível.”

Reportagem de David Lawder e Leika Kihara

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below