April 12, 2019 / 11:38 AM / 5 months ago

Produção industrial da zona do euro cai menos do que o esperado em fevereiro

Linha de produção de automóveis da Mercedes Benz em Rastatt, na Alemanha 04/02/2019 REUTERS/Kai Pfaffenbach

BRUXELAS (Reuters) - A produção industrial da zona do euro recuou em fevereiro, mas menos do que o esperado, já que o aumento na produção de energia registrado no início de 2019 se inverteu devido ao clima ameno.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou nesta sexta-feira que a produção nos 19 países que fazem uso do euro caiu 0,2 por cento em fevereiro e 0,3 por cento na comparação contra o ano anterior.

Economistas consultados pela Reuters esperavam uma queda mensal de 0,6 por cento e um recuo anual de 1 por cento.

Os números janeiro foram revisados para mostrar um aumento mensal de 1,9 por cento, ante 1,4 por cento, e um declínio na comparação anual de 0,7 por cento, de uma queda de 1,1 por cento informada antes.

A produção de energia, principal responsável pelo aumento de janeiro, mostrou a maior queda em fevereiro, quando as temperaturas ficaram acima da média. De fato, todos os componentes da produção industrial diminuíram na comparação mensal, com exceção da produção de bens de consumo não duráveis.

Esse componente, que inclui alimentos e roupas, aumentou 0,9 por cento em fevereiro, após um ganho de 2,1 por cento em janeiro.

Por Philip Blenkinsop

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below