April 18, 2019 / 11:51 AM / a month ago

Daimler vai cortar 8 bi de euros em custos, diz revista alemã

Sombra é projetada em parede com logo da Daimler 03/10/2018 REUTERS/Regis Duvignau - RC1FCBA7EE50

FRANKFURT (Reuters) - A Daimler está buscando 6 bilhões de euros em cortes de custo e ganhos de eficiência até 2021 em sua divisão de carros e mais de 2 bilhões de euros na área de veículos pesados, publicou a revista alemã Manager Magazin, nesta quinta-feira.

Questionada pela Reuters, a Daimler não comentou o assunto.

As economias de custo são buscadas pelo novo presidente-executivo do grupo automotivo alemão, Ola Kaellenius, que vai assumir o posto em maio, publicou a revista, sem citar fontes.

Em fevereiro, a Daimler afirmou que vai buscar medidas de cortes de custo depois que o lucro operacional do quarto trimestre despencou 22 por cento, atingido pela guerra comercial iniciada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contra a China, aumentos de despesas para desenvolvimento de veículos elétricos e desaceleração da indústria.

Cerca de 30 mil carros Mercedes-Benz com problemas em componentes eletrônicos foram produzidos na fábrica da companhia em Tuscaloosa, Alabama, nos EUA, o que gerou atrasos e exigiu da empresa despesas elevadas com retrabalho, publicou a revista.

O atraso na produção em Tuscaloosa gerou uma queda de receita de cerca de 2 bilhões de euros e pode impactar o resultado do grupo no primeiro trimestre em até 500 milhões de euros, segundo a publicação.

A Daimler vai publicar resultados dos três primeiros meses do ano em 26 de abril.

Por Edward Taylor

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below