April 22, 2019 / 12:42 PM / in 3 months

Preços do petróleo tocam máxima de 2019 com intenção dos EUA de pressionar exportação do Irã

Bomba de petróleo 22/08/2018 REUTERS/Nick Oxford

LONDRES (Reuters) - Os contratos futuros do petróleo avançavam para as máximas de 2019 nesta segunda-feira, com os Estados Unidos pressionando as exportações iranianas, o que tende a apertar a oferta global.

O petróleo Brent subia 2,14 dólares, ou 2,97 por cento, a 74,11 dólares por barril, às 9:31 (horário de Brasília).

O petróleo dos Estados Unidos avançava 1,76 dólar, ou 2,75 por cento, a 65,76 dólares por barril.

A Casa Branca anunciou nesta segunda-feira que compradores de petróleo iraniano precisam encerrar as importações em breve ou enfrentarão sanções.

“Isso traz muito mais incerteza em termos de oferta global”, disse Olivier Jakob, analista da Petromatrix. “É uma surpresa de alta para o mercado.”

Em novembro, os EUA voltaram a impor sanções às exportações de petróleo iraniano depois que o presidente Donald Trump se retirou unilateralmente de um acordo nuclear de 2015 entre o Irã e seis potências mundiais.

Washington, no entanto, concedeu isenções aos oito principais compradores do Irã —China, Índia, Japão, Coreia do Sul, Taiwan, Turquia, Itália e Grécia—, permitindo-lhes compras limitadas por seis meses.

Outra queda nas exportações iranianas apertará ainda mais a oferta em um mercado já afetado pelas sanções dos EUA contra a Venezuela, além de cortes liderados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below