for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Anadarko retomará conversas com Occidental após receber oferta de US$38 bi

Sede da Occidental Petroleum em Los Angeles 18/09/2013 REUTERS/Mario Anzuoni

(Reuters) - A Anadarko Petroleum disse nesta segunda-feira que planeja retomar negociações com a Occidental Petroleum após receber da empresa uma oferta de 38 bilhões de dólares, colocando pressão sobre a Chevron, que havia feito uma proposta de 33 bilhões pela companhia produtora de óleo e gás.

A Anadarko disse que seu conselho decidiu por unanimidade que a oferta da Occidental pode resultar em uma “proposta superior”, mas acrescentou que continua recomendando a oferta da Chevron neste momento.

A Anadarko pediu à Chevron no domingo que ela aumentasse sua oferta, o que foi recusado, disseram à Reuters pessoas familiarizadas com o assunto nesta segunda-feira.

A Chevron está relutante em pagar mais pela Anadarko e não quer ser arrastada para uma guerra de lances, disseram as fontes. A Chevron também quer ver se a Occidental conseguirá ter sucesso em negociar um contrato com a Anadarko e se os acionistas da Occidental irão apoiá-la, acrescentou uma das fontes.

“Acreditamos que nosso acordo assinado com a Anadarko oferece o melhor valor e a maior certeza para os acionistas da Anadarko”, disse a Chevron em comunicado nesta segunda-feira.

As duas empresas disputam um dos ativos mais visados da indústria petrolífera: os quase 250 mil hectares da Anadarko no centro da Bacia do Permian, o maior campo de petróleo “shale” dos EUA.

Tanto Chevron quanto Occidental controlam áreas adjacentes às propriedades da Anadarko, e esperam com uma eventual aquisição aumentar suas reservas para produzir por décadas usando técnicas de perfuração de baixo-custo.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up