April 29, 2019 / 5:17 PM / 5 months ago

Índices europeus fecham em alta com recuperação de ações espanholas

(Reuters) - Os índices acionários europeus encerraram em leve alta nesta segunda-feira liderados por ganhos do Banco Santander, com os investidores optando por focar nos aspectos positivos da vitória dos socialistas do primeiro-ministro Pedro Sánchez na terceira eleição da Espanha em quatro anos.

Bolsa de Valores de Frankfurt, Alemanha 29/06/2015 REUTERS/Ralph Orlowski

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,06 por cento, a 1.537 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,08 por cento, a 391 pontos, com a maioria dos índices regionais encerrando em território positivo.

O índice espanhol, que chegou a cair quase 1 por cento mais cedo na sessão, fechou em alta de 0,12 por cento já que as perdas nas ações de serviços públicos foram compensadas pelo rali das ações dos principais bancos do país.

O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), de Sánchez, venceu as eleições no domingo mas não conseguiu maioria parlamentar, o que significa que precisará de ajuda de partidos regionais, ou da centro-direita, para formar um governo de coalizão.

“Eu diria que é uma história bastante positiva. Acho que, em geral, ser pró-Europa é bom para a reforma e a política econômica, e o fato de ele ser pró-zona do euro ajuda os mercados”, disse Bert Colijn, economista sênior do ING.

O nervosismo em torno do resultado das pesquisas, somado aos dados fracos do sentimento econômico da zona do euro, empurraram os mercados para baixo no início do pregão na Europa.

Mas os ganhos do Santander, que liderou a alta dos principais bancos em toda a Europa, juntamente com uma queda nos rendimentos do mercado de títulos espanhóis, apontaram para uma tomada mais positiva dos eventos por parte dos investidores.

O índice do setor bancário europeu subiu quase 1 por cento, com o HSBC, o Intesa Sanpaolo e o BNP Paribas entre os dez principais impulsos do índice STOXX 600.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,17 por cento, a 7.440 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,10 por cento, a 12.328 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,21 por cento, a 5.580 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,23 por cento, a 21.788 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,12 por cento, a 9.517 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,49 por cento, a 5.393 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below