April 30, 2019 / 10:33 AM / in 3 months

Crescimento econômico da zona do euro no 1º tri supera expectativas, desemprego cai

Moeda de 20 centavos de euro 24/11/2014 REUTERS/Regis Duvignau

BRUXELAS (Reuters) - O crescimento econômico da zona do euro foi mais forte do que o esperado no primeiro trimestre, recuperando-se com força da queda no segundo semestre de 2018, enquanto o desemprego caiu para o nível mais baixo em mais de uma década, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou que, de acordo com estimativa preliminar, o Produto Interno Bruto nos 19 países que usam o euro cresceu 0,4 por cento no primeiro trimestre sobre os três meses anteriores, de 0,2 por cento no quarto trimestre e 0,1 por cento no terceiro.

Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o PIB cresceu 1,2 por cento, mesmo ritmo do último trimestre de 2018.

Economistas consultados pela Reuters esperavam expansão trimestral de 0,3 por cento e de 1,1 por cento na base anual.

O Banco Central Europeu, que adiou o aperto da política monetária no final do ano passado em meio à inflação persistentemente baixa, esperava crescimento do PIB no primeiro trimestre de 0,2 por cento, acelerando a 0,3 por cento no segundo.

Separadamente, a Eurostat informou que o desemprego na zona do euro caiu a 7,7 por cento em março, com 12,630 milhões de pessoas buscando um emprego, contra 7,8 por cento em fevereiro.

Reportagem de Jan Strupczewski

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below