April 30, 2019 / 4:03 PM / 3 months ago

CCR não espera novas despesas significativas com acordos de leniência

SÃO PAULO (Reuters) - A CCR não prevê ter novas despesas significativas com acordos de leniência firmados com procuradores em São Paulo e no Paraná, disse nesta quarta-feira o vice-presidente de gestão corporativa da empresa, Eduardo de Toledo.

Durante teleconferência com analistas sobre os resultados do primeiro trimestre, Toledo afirmou ainda que uma provisão de 15 milhões de reais feita pela empresa no trimestre refere-se a despesas previstas com multas individuais aplicadas a ex-executivos da CCR em irregularidades.

Por Aluísio Alves

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below