May 2, 2019 / 10:37 AM / 3 months ago

Atividade industrial da zona do euro tem contração em abril pelo 3º mês

Linha de produção de automóveis da Mercedes Benz em Rastatt, na Alemanha 04/02/2019 REUTERS/Kai Pfaffenbach

LONDRES (Reuters) - A atividade industrial da zona do euro contraiu em abril pelo terceiro mês seguido, afetada pela demanda global fraca, aumento do protecionismo comercial e preocupações sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, mostrou nesta quinta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

O PMI final de indústria do IHS Markit ficou em 47,9, superando a mínima de seis anos de março de 47,5 e pouco acima da preliminar de 47,8. Mas esse foi o terceiro mês abaixo da marca de 50 que separa crescimento de contração.

O subíndice de produção subiu a 48,0, de 47,2 em março, também abaixo da marca neutra.

“O setor industrial continuou em declínio no início do segundo trimestre”, disse Chris Williamson, economista-chefe do IHS Markit.

“O índice de produção da pesquisa é indicativo de queda da produção industrial a uma taxa trimestral de aproximadamente 1 por cento, abrindo espaço para que o setor de produção de bens aja como um importante peso sobre a economia no segundo trimestre.”

Apesar de ter subido em relação às mínimas recentes, o subíndice de novas encomendas ainda registrou o sétimo mês de declínio.

Embora o otimismo tenha acelerado um pouco em abril —o índice de produção futura subiu a 55,7 de 55,5— ele permanece fraco em comparação com níveis históricos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below