May 7, 2019 / 12:22 PM / in 19 days

Dados de encomendas à indústria na Alemanha apontam para crescimento fraco

BERLIM (Reuters) - As encomendas à indústria na Alemanha subiram menos do que o esperado em março após dois meses de fortes quedas, mostraram dados nesta terça-feira, trazendo pouco alívio para a maior economia da Europa, que está enfrentando uma forte desaceleração no crescimento e redução na arrecadação de impostos.

Os exportadores alemães foram afetados pela demanda mais fraca do exterior, tensões comerciais desencadeadas pelas políticas do presidente norte-americano Donald Trump, e pela incerteza comercial causada pelo Brexit.

Fatores domésticos incluem problemas na indústria automobilística, onde as empresas estão lutando para se ajustar a regras de emissões mais rigorosas.

O número de contratos para produtos “feitos na Alemanha” subiu 0,6 por cento, mostraram dados da agência federal de estatísticas, desapontando uma previsão de alta de 1,5 por cento.

“Os dados das encomendas industriais sugerem que a atividade industrial permanecerá moderada nos próximos meses”, disse o Ministério da Economia.

Para o primeiro trimestre como um todo, os pedidos industriais caíram 4,1 por cento, com a queda causada principalmente pela demanda mais fraca do exterior, disse o ministério.

A leitura de pedidos industriais para fevereiro foi revisada ligeiramente para mostrar uma queda de 4,0 por cento, de um recuo relatado anteriormente de 4,2 por cento. Em janeiro, o número caiu 2,1 por cento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below