May 7, 2019 / 12:37 PM / 3 months ago

Reservas cambiais da China caem em abril pela 1ª vez em 6 meses

PEQUIM (Reuters) - As reservas cambiais da China caíram inesperadamente pela primeira vez em seis meses em abril, apesar de dados recentes sugerirem que a segunda maior economia do mundo está começando a se estabilizar em resposta às medidas de estímulo.

No entanto, a queda nas reservas da China, que são as maiores do mundo, foi modesta, recuando 3,81 bilhões de dólares no mês passado, para 3,095 trilhões de dólares, mostraram dados do banco central nesta terça-feira.

A pequena queda de abril teve como motivos um dólar mais firme e mudanças nos preços dos ativos globais que a China detém, disse o regulador de câmbio em um comunicado.

Os fluxos de capital estrangeiro serão basicamente estáveis no futuro, disse a Administração Estatal de Câmbio.

Durante grande parte do ano passado, os investidores globais se preocuparam com o risco de fuga de capital enquanto a economia chinesa desacelerava, e debateram sobre o quanto Pequim permitiria que o iuan enfraquecesse, embora os controles rigorosos de capital mantivessem os fluxos de saída sob controle.

Dados inesperadamente fortes de março sugeriram que a economia estava lentamente voltando a ficar mais estável, mas uma repentina intensificação nas tensões entre os EUA e a China nesta semana colocou o iuan de volta sob pressão e reviveu as preocupações sobre o crescimento chinês.

Por Kevin Yao

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below