May 8, 2019 / 11:28 AM / in 13 days

IGP-DI desacelera alta a 0,90% em abril com alívio nos preços no atacado, diz FGV

Consumidores fazendo compras em supermercado do Rio de Janeiro 28/07/2018 REUTERS/Sergio Moraes

SÃO PAULO (Reuters) - Os preços no atacado mostraram alívio e o Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) desacelerou a alta a 0,90 por cento em abril, de 1,07 por cento em março, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-DI), que responde por 60 por cento do indicador todo, passou a subir no mês 1,09 por cento, contra alta de 1,35 por cento em março.

O grupo Matérias-Primas Brutas, que avançou 1,19 por cento em abril, depois de subir 1,75 por cento antes, com destaque para o comportamento dos itens soja, milho e mandioca.

Para o consumidor a pressão dos preços teve ligeira queda em abril, uma vez que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-DI), que responde por 30 por cento do IGP-DI, desacelerou a alta a 0,63 por cento, contra 0,65 por cento no mês anterior.

A maior influência partiu do grupo Alimentação, cujos preços passaram a subir 0,63 por cento, de 1,10 por cento em março.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-DI), por sua vez, subiu 0,38 por cento no período, de 0,31 por cento no mês anterior.

O IGP-DI é usado como referência para correções de preços e valores contratuais. Também é diretamente empregado no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e das contas nacionais em geral.

Por Stéfani Inouye

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below