May 9, 2019 / 1:31 PM / 4 months ago

Powell diz que é crucial que EUA restaurem bem estar da classe média e garante que há caminhos

O chairman do Federal Reserve, Jerome Powell, durante coletiva em Washington 01/05/2019 REUTERS/Yuri Gripas/File Photo

WASHINGTON (Reuters) - O crescimento relativamente lento da renda da classe média, ampliando a desigualdade, e menores perspectivas de que os pobres subirão na escala econômica, são problemas “cruciais” para os EUA enfrentarem nos próximos anos, disse o chairman do Federal Reserve, Jerome Powell, nesta quinta-feira.

Em comentários de abertura em uma conferência de dois dias do Fed sobre a classe média, Powell citou uma série de pesquisas realizadas nos últimos anos que concluem que aqueles sem diploma universitário ou nascidos em uma família ou vizinhança pobres são muito menos propensos a trabalhar ou juntar-se à classe média como eram na década de 1950 e 1960.

“Muitos norte-americanos acreditam que ser de classe média significa ter um emprego seguro e a capacidade de economizar. Nas últimas décadas, o crescimento da renda das famílias de renda média está defasado”, disse Powell. Cada vez mais, “a perspectiva de subir na escala econômica depende de fatores além do esforço e do talento, incluindo sua família, a vizinhança em que você cresce e a qualidade das escolas primárias e secundárias”, disse ele, com raça e etnia continuando a desempenhar um papel decisório.

A conferência do Federal Reserve, um evento bienal com foco em questões de desenvolvimento da comunidade, está focada neste ano em políticas que possam revigorar as perspectivas para os que estão na classe média e para aqueles que desejam se juntar à ela.

As políticas em si são consideradas, em grande parte, fora da autoridade do Fed sobre a política monetária, analisando questões de educação e desenvolvimento de habilidades, as implicações da dívida estudantil sobre o patrimônio familiar e as tendências da propriedade imobiliária.

Mas as autoridades do Fed estão cada vez mais preocupadas com as implicações para a economia em geral se a divergência continuar entre aqueles que estão indo bem na economia atual e aqueles que ficaram para trás. Tendências em automação, retornos à educação, globalização e outras forças podem intensificar as divisões entre áreas rurais de crescimento lento e áreas metropolitanas de rápido crescimento, entre grupos raciais e étnicos, e entre outras dimensões.

“Essas circunstâncias ressaltam um duplo desafio para o nosso país: fomentar as condições que ajudarão famílias de baixa renda a alcançar a classe média, garantindo que o status de classe média ainda forneça a segurança econômica básica que tradicionalmente oferece”, disse Powell.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below