May 14, 2019 / 7:08 PM / 2 months ago

Proposta da Esalq para frete evidencia que valor real é mais baixo que tabela, diz Abiove

Caminhões passam pelo Porto de Santos (SP) 25/02/2015 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - Uma proposta de tabela de frete rodoviário da Esalq-Log discutida em audiência pública evidencia que valores reais do frete são bem mais baixos que o praticado hoje pela política de piso mínimo do governo, afirmou nesta terça-feira o economista-chefe da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), Daniel Furlan.

“O nosso entendimento é que a tabela é inconstitucional e ilegal... A consulta evidencia que valores quando são tecnicamente calculados são bem mais baixos que o vigente hoje. Foi imposto custo real, inaplicável, e por isso não faz sentido punir as empresas que foram impostas a custo irreal”, disse ele, durante audiência pública sobre a tabela em São Paulo.

Ele disse ainda, antes de ser interrompido por vaias de caminhoneiros presentes na audiência, que a associação sugere que sejam anistiadas todas as penalidades desde a primeira tabela.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below