May 16, 2019 / 9:16 PM / 10 days ago

Sindicato de aeronautas vai recorrer de liminar contra decisão de greve na Avianca Brasil

Avião da Avianca Brasil se preapra para pousar no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. 3/4/2019. REUTERS/Sergio Moraes -

SÃO PAULO (Reuters) - O Sindicato Nacional de Aeronautas (SNA) afirmou nesta quinta-feira que vai recorrer de decisão judicial que concedeu liminar determinando manutenção de 60 por cento do serviço da Avianca Brasil durante greve de tripulantes, marcada para começar na sexta-feira nos aeroportos de Congonhas e Santos Dumont.

“O SNA irá recorrer da decisão e destaca que está mantido o movimento de greve”, afirmou a entidade, acrescentando que a “paralisação completa dos voos da Avianca corresponde à suspensão de uma parcela ínfima da oferta do mercado”.

A liminar, concedida pelo Tribunal Superior do Trabalho, determinou pena de multa diária de 100 mil reais em caso de descumprimento do percentual pelos tripulantes da empresa.

O sindicato afirmou que a Avianca Brasil tem atualmente apenas seis aeronaves em operação, ante mais de 400 das três principais concorrentes da empresa, GolA, Latam e Azul.

“A paralisação unicamente dos empregados da Avianca não terá, portanto, a capacidade de prejudicar a sociedade”, afirmou o SNA.

Os pilotos e comissários de voo da Avianca Brasil decidiram na segunda-feira entrar em greve a partir da sexta-feira, em protesto contra atrasos de salários e verbas como diárias, vale alimentação, férias atrasadas e depósitos de FGTS.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below