May 23, 2019 / 3:37 PM / 4 months ago

Programa de auxílio de US$16 bi dos EUA deve ajudar a expandir mercados, diz USDA

Colheita de milho em Minooka, Illinois (EUA) 24/09/2014 REUTERS/Jim Young

WASHINGTON (Reuters) - O programa de assistência de 16 bilhões de dólares do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ajudará os agricultores norte-americanos afetados pela guerra comercial entre EUA e China, e inclui esforços para abrir mercados aos produtos norte-americanos fora da China, disse o secretário da Agricultura dos EUA nesta quinta-feira.

“Parte desses 16 bilhões de dólares será usada em programas de acesso a mercados para conquistar negócios em outros lugares”, disse o secretário da Agricultura dos EUA, Sonny Perdue, em entrevista à Fox Business Network. “Se a China decidir sair do jogo, venderemos esses ótimos produtos em outros lugares.”

Perdue não deu mais detalhes, mas o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos deve divulgar mais informações sobre o pacote de assistência nesta quinta-feira. Trump também deve falar com os produtores do país em um evento na Casa Branca.

Parte do pacote de auxílio pode incluir pagamentos diretos de 2 dólares por bushel a produtores dos EUA para grãos de soja, informou a Bloomberg nesta semana.

Perdue citou os esforços já em andamento para aumentar o acesso aos produtos agrícolas dos EUA na Índia, Malásia, Tailândia e Filipinas, entre outros países, mas reconheceu que a China era o principal protagonista e expressou a esperança de que as negociações possam voltar aos trilhos.

Por Susan Heavey

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below