June 3, 2019 / 9:25 PM / 2 months ago

Venda de veículos novos no Brasil salta em maio sobre um ano antes

SÃO PAULO (Reuters) - Os licenciamentos de veículos novos no Brasil em maio subiram quase 22% sobre mesmo mês de 2018, quando as vendas do setor foram atingidas por impactos da greve dos caminhonheiros, segundo dados informados nesta segunda-feira pela associação que representa concessionários, Fenabrave.

Novos carros da Volkswagen em pátio da empresa no Vale do Paraíba, SP 07/01/2015 REUTERS/Roosevelt Cassio

Os emplacamentos de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus somaram 245,5 mil unidades no mês passado, ante 201,9 mil registrados um ano antes, segundo a entidade.

Na comparação com abril, as vendas em maio subiram 5,8%.

Com isso, no acumulado dos cinco primeiros meses do ano, as vendas de veículos novos no Brasil somaram 1,085 milhão de unidades, alta de 12,5% ante mesmo período de 2018.

“Em dias úteis, sendo 22 dias em maio, contra 21 dias em abril, o mercado evoluiu 0,78%”, disse em comunicado o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior. “O consumidor final, pessoa física, foi mais impactado por essa quebra de expectativa (sobre o crescimento da economia), mantendo-se cauteloso e postergando a decisão de compra.”

O boletim Focus do Banco Central de mais cedo trouxe a 14ª redução semanal seguida na projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2019, de 1,23% para 1,13%.

Por segmento, as vendas de carros e comerciais leves, subiram 20,2 por cento ano a ano em maio e 5,8% sobre abril, para 234,2 mil unidades, acumulando nos primeiros cinco meses do ano expansão de 11,1%, a 1,035 milhão de unidades.

A projeção da associação de montadoras de veículos, Anfavea, para os emplacamentos de carros e comerciais leves em 2019 aponta alta de 11,3% ante 2018, a 2,755 milhões de unidades. A entidade divulga dados consolidados do setor, incluindo produção e exportações, na quinta-feira.

As vendas de caminhões seguem em alta em meio às incertezas criadas desde a greve dos caminhoneiros do ano passado, com empresas de vários setores optando por formar frotas próprias, enquanto o crescimento econômico segue patinando.

Os licenciamentos dessa categoria somaram 9.197 veículos em maio, crescimentos de 8,3% sobre abril e de quase 61% na comparação anual. No ano, as vendas de caminhões novos têm alta de cerca de 47%, a 39 mil unidades.

No mês passado, o grupo Fiat Chrysler apurou vendas de cerca de 42,3 mil automóveis e comerciais leves, ante 41,1 mil da General Motors e 38,6 mil da Volkswagen, afirmou mais cedo uma fonte do setor.

A Renault ficou na quarta posição, com vendas de 20,9 mil veículos, e a Hyundai veio logo atrás, com 19,2 mil emplacamentos. Toyota e Ford ficaram praticamente empatadas na sexta posição no ranking de vendas de maio, com cerca de 19 mil licenciamentos cada, informou a fonte.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below