June 6, 2019 / 3:02 PM / 2 months ago

Engie não pretende desistir de aquisição da TAG; espera bom senso do STF, diz CEO

REUTERS/Benoit Tessier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Engie não vai desistir da aquisição junto à Petrobras da empresa de gasodutos TAG, disse nesta quinta-feira o presidente da elétrica francesa no Brasil, Maurício Bähr, que afirmou ainda esperar “bom senso” do Supremo Tribunal Federal (STF), que suspendeu o negócio com uma decisão liminar em maio.

A operação, que envolve 8,6 bilhões de dólares, depende agora de um julgamento iniciado pelo STF na semana passada, sobre a necessidade de aval legislativo e licitação para a privatização de ativos por empresas estatais ou sociedades de economia mista.

“A gente pode ser impedido de comprar se o Supremo decidir, mas não é uma decisão nossa. A nossa decisão é de comprar”, afirmou Bahr, durante evento da companhia no Rio de Janeiro.

“O cheque está pronto para ser liquidado no momento em que tiver uma decisão”, disse o executivo a jornalistas.

O STF deve retomar nesta quinta-feira julgamento sobre os requisitos para privatizações. A análise do caso foi suspensa na véspera, com um placar provisório de 2 a 2.

Por Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below