June 7, 2019 / 11:21 AM / 20 days ago

Preços de alimentos recuam e IGP-DI desacelera alta a 0,40% em maio

06/01/2015 REUTERS/Nacho Doce

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) teve alta de 0,40% em maio depois de subir 0,90% no mês anterior, com deflação nos alimentos tanto no atacado quanto no varejo, de acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Pesquisa da Reuters junto a economistas mostrava que a expectativa era de um ganho de 0,30%, na mediana das projeções.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-DI), que responde por 60 por cento do indicador todo, desacelerou a alta a 0,52%, de 1,09 por cento em abril.

Os preços dos produtos agropecuários aceleraram a queda no mês a 2,28%, de recuo de 0,41% em abril. Já os produtos industriais tiveram alta de 1,46%, sobre 1,60% no mês anterior.

A pressão do Índice de Preços ao Consumidor (IPC-DI) , que responde por 30 por cento do IGP-DI, também diminuiu com avanço de 0,22% em maio, sobre alta a 0,63 por cento no mês anterior.

A principal contribuição para o movimento partiu do grupo Alimentação, cujos preços caíram em maio 0,37%, após alta de 0,63% em abril, com destaque para hortaliças e legumes.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-DI), por sua vez, ganhou 0,03% no período, de 0,38% em abril.

O IGP-DI é usado como referência para correções de preços e valores contratuais. Também é diretamente empregado no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e das contas nacionais em geral.

Por Camila Moreira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below