June 11, 2019 / 5:10 PM / 2 months ago

Reguladores europeus bloqueiam joint venture de Thyssenkrupp e Tata Steel

BRUXELAS (Reuters) - A joint venture entre Thyssenkrupp e Tata Steel foi rejeitada por reguladores antitruste da União Europeia nesta terça-feira, que argumentaram preocupações com risco de aumento de preços e redução de concorrência no mercado de aço.

A Comissão Europeia disse que as empresas, que consideraram o acordo como uma forma de enfrentar o excesso de capacidade produtiva e outros desafios na indústria siderúrgica, não fizeram o suficiente para reduzir suas preocupações.

“O aço é um recurso crucial para muitas coisas que usamos em nossa vida cotidiana, como alimentos enlatados e carros. Milhões de pessoas na Europa trabalham nesses setores e as empresas dependem de preços competitivos do aço para vender em nível global”, afirmou a Comissária de Concorrência da Europa, Margrethe Vestager, em comunicado.

A Comissão disse que as importações de países terceiros não teriam sido capazes de compensar os possíveis aumentos de preços resultantes do acordo.

Este é o terceiro veto de Vestager este ano, depois que ela bloqueou a oferta da Siemens pela Alstom e da empresa alemã de cobre Wieland-Werke para comprar uma unidade de negócio da Aurubis, a maior fundição de cobre da Europa, em fevereiro.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below