June 18, 2019 / 2:01 PM / 3 months ago

Trump diz que equipes dos EUA e da China vão retomar negociações comerciais antes do G20

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta terça-feira que conversou com o presidente chinês, Xi Jinping, e que as equipes dos dois líderes retomarão as negociações comerciais depois de um longo período, a fim de se preparar para uma reunião na cúpula do G20 mais adiante neste mês.

04/06/2019 REUTERS/Henry Nicholls

Os EUA e a China estão envolvidos em uma guerra comercial que tem pressionado os mercados financeiros e prejudicado a economia mundial. As conversas entre os dois lados para chegar a um acordo falharam no mês passado e a interação desde então tem sido limitada.

Trump não fez nenhum segredo que, apesar de sua ameaça de intensificar a disputa com mais tarifas dos EUA sobre produtos chineses, ele gostaria de se encontrar com Xi na reunião do G20 no Japão na semana que vem. Embora ele tenha repetidamente dito que as duas partes irão negociar, o lado chinês não confirmou que uma reunião será realizada.

Em uma publicação no Twitter, Trump disse que ele e seu colega chinês concordaram em iniciar os preparativos durante uma ligação telefônica.

“Tive uma conversa por telefone muito boa com o presidente Xi, da China. Nós teremos uma reunião na próxima semana no G20, no Japão. Nossas equipes vão retomar as negociações antes do nosso encontro”, disse Trump em uma publicação no Twitter.

A mídia estatal chinesa disse que Xi concordou com a reunião e enfatizou na ligação que as disputas econômicas e comerciais devem ser resolvidas através do diálogo.

“O fundamental é mostrar consideração pelas preocupações legítimas de cada um”, disse Xi. “Também esperamos que os EUA tratem as empresas chinesas de forma justa. Concordo que as equipes econômicas e comerciais dos dois países devem manter uma comunicação sobre como resolver as diferenças.”

A confirmação de uma reunião anula a possibilidade de a China desprazer os EUA, que poderia ter desencadeado outra rodada de tarifas.

“Este é um desenvolvimento muito positivo”, disse Clete Willems, um negociador comercial da equipe de Trump, que citou a importância de uma reunião entre Xi e o presidente dos EUA no último encontro do G20 na Argentina.

“O engajamento do nível das lideranças no G20 do ano passado foi fundamental para impulsionar as negociações. Será essencial administrar a atual dinâmica política e colocar as negociações de volta no caminho”.

Os EUA já impuseram tarifas de 25% sobre 250 bilhões de dólares em produtos importados chineses, que vão desde semicondutores até móveis.

Trump ameaçou impor tarifas sobre outros 325 bilhões de dólares em produtos, cobrindo quase todas as importações chinesas remanescentes aos EUA, incluindo produtos como celulares, computadores e roupas.

Por Susan Heavey

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below