June 21, 2019 / 6:41 PM / 3 months ago

Embarques passam a ser retomados no rio Mississippi após cheias

Fazendeiro colhesafra de soja em uma fazenda em Hickory. REUTERS/Charles Mostoller 29/11/2018

CHICAGO (Reuters) - A região do alto rio Mississippi foi reaberta para o tráfego de barcos nesta sexta-feira, com os navios sendo liberados para embarcarem através do porto de St. Louis, informou a Guarda Costeira dos Estados Unidos.

A situação rapidamente se tornou um pesadelo logístico, conforme dezenas de rebocadores e centenas de embarcações atrasadas passaram a tentar manobrar pelo rio.

Após aquela que muitos transportadores de grãos classificaram como a pior cheia de um rio na história em termos de timing, tamanho e duração, os navios finalmente poderão atingir o coração do cinturão agrícola dos EUA para captar soja e milho destinados à exportação.

No entanto, os danos econômicos das enchentes deste ano a agricultores, transportadores e traders como Archer Daniels Midland (ADM.N), Bunge (BG.N) e Cargill [CARG.UL] provavelmente prosseguirão.

O rio Mississippi, que escoa 60% de todo o milho e toda a soja destinados à exportação nos EUA para terminais próximos à costa do Golfo, não tem estado totalmente navegável desde novembro, por conta de fechamentos de inverno no norte e cheias generalizadas nesta primavera (do Hemisfério Norte).

Os transportadores moveram alguns grãos para embarque portuário via ferrovias, os enviaram para usuários domésticos por caminhões ou simplesmente mantiveram os produtos em estoque e levaram à redução dos preços pagos aos agricultores.

Os atrasos de transporte foram o impacto mais recente ao setor agrícola norte-americano, já afetado pelas quedas nas receitas, pelos atrasos de plantio na primavera e pelas exportações reduzidas devido à guerra comercial entre EUA e China.

O suboficial Brandon Giles afirmou que a Guarda Costeira retirou sua proibição aos embarques direcionados ao norte pelo porto de St. Louis na manhã desta sexta-feira, permitindo que os navios transitem no porto pela primeira vez desde uma pequena janela de embarque de uma semana no mês passado.

Giles disse não haver estimativas para a retomada do tráfego em direção ao sul, enquanto transportadores acreditam que estas rotas devam ser reabertas a partir de sábado.

Reportagem de Karl Plume em Chicago

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below