July 3, 2019 / 10:36 AM / 21 days ago

Expansão de serviços da China desacelera com queda nas encomendas para exportação, mostra PMI do Caixin

REUTERS/Jason Lee

PEQUIM (Reuters) - O crescimento do setor de serviços da China desacelerou para a mínima de 4 meses em junho uma vez que as novas encomendas do exterior caíram, mostrou nesta quarta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

O PMI de serviços do Caixin/Markit caiu para 52,0 em junho, nível mais baixo desde fevereiro e ante 52,7 em maio. A marca de 50 separa crescimento de contração.

As novas encomendas de exportação feitas às empresas de serviços da China contraíram pela primeira vez em nove meses em junho, com as empresas citando demanda global fraca e tarifas.

No geral, entretanto, as novas encomendas aceleraram, sugerindo que uma série de medidas de suporte do governo para a economia ao longo do último ano estão melhorando a demanda doméstica. O subíndice de novas encomendas avançou a 53,4 em junho de 52,9.

Embora a confiança empresarial tenha melhorado em relação à mínima de 10 meses de maio, muitas empresas mostraram preocupação que o enfraquecimento dos laços entre Estados Unidos e China possa pesar sobre a atividade.

Reportagem de Lusha Zhang e Ryan Woo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below