July 3, 2019 / 12:36 PM / 21 days ago

Itália evita por enquanto sanções da UE sobre sua dívida

Vice-premiê italiano Luigi di Maio 02/05/2019 REUTERS/Yara Nardi

ROMA (Reuters) - A Comissão Europeia retirou sua ameaça de medidas disciplinares contra a Itália nesta quarta-feira, depois que o país adotou ações para alinhar sua dívida crescente com as regras fiscais do bloco.

O braço executivo da UE disse que a Itália deve estar de acordo com o pacto de estabilidade e crescimento do bloco neste ano. A Comissão disse que a Itália também fez esforços adicionais neste ano para compensar parcialmente a deterioração do balanço estrutural de 2018.

A Comissão está disposta a examinar todas as informações da Itália sobre suas finanças públicas antes de tomar uma decisão final, disse o comissário de Assuntos Econômicos da Europa, Pierre Moscovici, em entrevista coletiva.

A Comissão exigiu que a Itália respeite seu compromisso de preparar um orçamento para 2020 em consonância com as regras fiscais da UE, a fim de evitar novas incertezas. O documento deve ser apresentado à Comissão até 15 de outubro.

A Itália anunciou novos dados de seis meses mostrando que o déficit projetado para 2019 será de cerca de 7 bilhões de euros a menos do que o esperado em abril, graças a gastos menores do que o esperado e maiores receitas.

O país também elaborou um decreto para conter o déficit orçamentário em 2020, de acordo com um projeto de lei visto pela Reuters, que provavelmente irá aliviar as preocupações da Comissão.

Por Foo Yun Chee

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below