July 3, 2019 / 5:42 PM / 13 days ago

Santander enfrenta reivindicação de 100 milhões de euros sobre oferta de emprego de CEO

12/04/2019 REUTERS/Edgard Garrido/File Photo - RC1323166C10

Por Jesús Aguado e Pamela Barbaglia e Andrés González

MADRI/LONDRES (Reuters) - O espanhol Santander enfrenta uma reivindicação de 100 milhões de euros de Andrea Orcel, um dos banqueiros de investimento mais conhecidos da Europa, depois que o banco espanhol lhe ofereceu o cargo de presidente-executivo, mas retirou a oferta quando não podia atender suas demandas de pagamento.

O Santander terá cerca de 20 dias para responder a uma ação civil que Orcel, de 56 anos, planeja registrar em Madri, disseram fontes próximas à Reuters nesta quarta-feira.

“Orcel está reivindicando 100 milhões de euros como parte de uma ação civil por quebra de contrato”, disse uma das fontes, sob condição de anonimato.

A oferta de emprego foi retirada em janeiro, quando o Santander disse que não atenderia às expectativas de remuneração de Orcel em uma reviravolta incomum para uma nomeação bancária de alto nível.

Uma fonte próxima a Orcel disse que ainda há espaço para um acordo extrajudicial, já que o banqueiro italiano não vai desistir de seus pedidos ao banco espanhol para cumprir seu contrato.

O site espanhol El Confidencial, que divulgou a notícia pela primeira vez, disse que a quantia inclui o salário que Orcel ganhava no UBS e os ganhos que ele teria recebido do Santander.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below