for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Presidente de comissão da Previdência diz ter expectativa de votação nesta manhã

Ramos fala em sessão de comissão especial da Previdência 25/4/2019 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da comissão especial da reforma da Previdência na Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou ter expectativa de votação do texto-base do parecer do relator Samuel Moreira (PSDB-SP) na manhã desta quinta-feira, depois que a pauta foi liberada em uma longa sessão na véspera que adentrou pela madrugada.

Ramos declarou aberto o processo de votação na sessão de quarta-feira, de modo que não pode haver mais alterações no relatório.

Ao longo da quarta-feira houve diversas negociações para tentar alterar pontos do texto do relator, envolvendo até o presidente Jair Bolsonaro, que vinha se mantendo distante das discussões sobre a reforma.

Segundo o porta-voz da Presidência, Bolsonaro pediu ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que se encontrasse com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para levar suas percepções sobre as demandas de policiais por concessões à categoria, à qual Bolsonaro é fortemente ligado.

Maia, no entanto, disse que não houve acordo sobre o tema, assim como em relação a outros pontos polêmicos do parecer relacionados principalmente à inclusão de Estados e municípios na proposta.

Em café da manhã com a Frente Parlamentar Agropecuária (FPA)nesta manhã, Bolsonaro fez um apelo para que os parlamentares da bancada ruralista atendam a demanda de policiais na votação da reforma da Previdência, e negou que a iniciativa representa um privilégio para a categoria.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up