July 5, 2019 / 10:34 AM / 11 days ago

Criação de vagas nos EUA deve acelerar, corte de juros ainda é esperado

WASHINGTON (Reuters) - A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos provavelmente se recuperou em junho, com expectativa de que os ganhos salariais avancem, mas isso provavelmente não seria suficiente para desencorajar o Federal Reserve a cortar a taxa de juros neste mês em meio às evidências de que a economia está desacelerando.

A falta de avanço concreto na resolução da guerra comercial entre Estados Unidos e China também deve forçar a mão do banco central norte-americano, independente de um forte relatório de emprego do Departamento do Trabalho nesta sexta-feira.

No mês passado, o Fed sinalizou que pode afrouxar a política monetária já em julho, citando a inflação baixa e os crescentes riscos para a economia da intensificação da disputa comercial.

Os EUA provavelmente criaram 160 mil vagas de trabalho fora do setor agrícola no mês passado, após abertura de apenas 75 mil em maio, de acordo com pesquisa da Reuters junto a economistas. Maio marcou a segunda vez neste ano que a criação ficou abaixo de 100 mil.

A criação de vagas desacelerou para uma média de 164 mil por mês este ano de 223 mil em 2018. O ritmo, entretanto, permanece bem acima da marca de 100 mil necessária para acompanhar o crescimento da população em idade ativa.

A estimativa é de que a renda média por hora tenha subido 0,3%, depois de ganho de 0,2% em maio. Isso elevaria o aumento anual dos salários para 3,2% de 3,1% em mio, que foi o ganho mais fraco em oito meses.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below