July 5, 2019 / 5:20 PM / 2 months ago

Cidade de Sidney revê uso do Roundup, da Bayer, em meio a temores de câncer

SIDNEY (Reuters) - O conselho municipal de Sidney, na Austrália, afirmou nesta sexta-feira que está revendo seus mecanismos para controle de ervas daninhas, que incluem o uso do herbicida Roundup, da Bayer, depois que outros conselhos no país cortaram laços com o produto em meio a preocupações com sua possível ligação com casos de câncer.

REUTERS/Regis Duvignau

O Conselho, que cobre o centro comercial da cidade, está “revendo (seus) métodos de controle de ervas daninhas e investigando outras tecnologias”, disse uma porta-voz à Reuters via e-mail, um dia após uma greve de trabalhadores na região do Conselho pressioná-lo a testar um herbicida alternativo.

A porta voz acrescentou que atualmente o Conselho de Sidney utiliza o Roundup “como último recurso... quando métodos sem uso de pesticidas, como remoção manual e cobertura com folhas, são ineficazes”. Ela também disse que produtos alternativos começaram a ser testados no final de 2018.

A Bayer afirma que o Roundup é seguro e apoiado por diversos órgãos reguladores, apesar de pesquisas apontarem que seu principal ingrediente, o glifosato, provavelmente é cancerígeno.

Neste ano, a empresa alemã já foi afetada pelo pagamento de grandes indenizações nos Estados Unidos devido a alegações de que o produto causa câncer, o que levou suas ações a despencar.

A perspectiva de o Conselho de Sidney repensar seus laços com o Roundup, principal produto da gigante norte-americana do agronegócio Monsanto até sua compra pela Bayer no ano passado, demonstra a pressão que campanhas e processos judiciais estão colocando sobre governos a respeito do produto, mesmo com órgãos reguladores classificando-o como seguro.

“Como há muita emoção em torno disso, as agências locais podem ser levadas a tomar uma decisão para acalmar o público em geral, e não com base na ciência disponível”, disse Ian Musgrave, farmacologista molecular e toxicologista da Universidade de Adelaide.

“Deveríamos estar tomando decisões sobre segurança com base na ciência real, não com base em medo ou na desconfiança sobre megacorporações”.

No início desta semana, o conselho municipal de Blacktown, cidade ao oeste de Sydney, concordou em testar uma alternativa ao Roundup depois de uma greve de trabalhadores associada ao uso do produto.

Outros quatro conselhos de cidades ao redor de Sydney já deixaram de usar o Roundup devido a suas possíveis ligações com o câncer.

Reportagem de Byron Kaye

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below