July 11, 2019 / 3:14 PM / 2 months ago

Ameaça de tempestade fecha refinaria na costa dos EUA

HOUSTON (Reuters) - Ameaças de inundação devido a uma tempestade no Golfo do México nos EUA, que levaram a uma redução de quase um terço na produção de petróleo da região, forçaram o fechamento de uma refinaria na costa, criando pressão sobre os preços do petróleo nesta quinta-feira.

A Phillips 66 disse que espera concluir nesta manhã o fechamento de sua refinaria de Alliance, em Louisiana, após autoridades locais terem exigido a evacuação obrigatória da área.

Já PBF Energy e Valero Energy não planejam parar suas refinarias em Chalmette e Meraux, Louisiana, disseram fontes com conhecimento das operações das unidades na manhã desta quinta-feira.

Petroleiras já pararam a produção em um terço da capacidade offhsore no Golfo do México nos EUA antes da tempestade, que pode evoluir para o Furacão Barry na sexta-feira à noite, segundo o Serviço Climático Nacional (NWS).

Plataformas offshore de petróleo e gás operadas por Anadarko Petroleum, Chevron, Royal Dutch Shell e outras foram evacuadas, com muitas parando a produção, segundo as empresas.

A refinaria de Alliance fica próxima de um rio a 63 km ao sul de Nova Orleans. O último furacão a inundar a refinaria foi o furacão Isaac, de 2012. A refinaria também foi fechada pelo furacão Gustav em 2008 e pelo furacão Katrina em 2005.

Em 2017, o furacão Nate levou a Phillips 66 a fechar a refinaria, que teve a operação retomada em poucos dias, quando a tempestade se afastou da área.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below