July 17, 2019 / 5:52 PM / a month ago

Resultados fracos na Suécia e queda do petróleo pressionam índices

July 17 (Reuters) - Os mercados acionários europeus fecharam em queda nesta quarta-feira, depois de três dias seguidos de ganhos, com as ações suecas pressionadas por uma série de balanços corporativos fracos, enquanto petrolíferas recuaram na esteira da baixa nos contratos de petróleo.

Gráfico do índice DAX, da Bolsa de Frankfurt. 17/07/2019. REUTERS/Staff

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,34%, a 1.525 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,37%, a 388 pontos.

As ações listadas em Estocolmo sofreraram a maior perda percentual desde maio, devido a quedas da Ericsson, Swedbank e do grupo de engenharia Alfa Laval.

A maior perda percentual entre os setores europeus foi em petróleo e gás, uma queda de 2%, uma vez que as petroleiras BP e Total foram prejudicadas pela queda no preço do petróleo para uma mínima em uma semana na terça-feira.

O setor bancário recuou 1,5%, liderado pelos bancos suíços. O Handelsbanken caiu devido a resultados fracos, enquanto o Swedbank registrou perdas depois de cortar dividendos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,55%, a 7.535 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,72%, a 12.341 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,76%, a 5.571 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,56%, a 22.079 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,99%, a 9.284 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,21%, a 5.252 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below