July 25, 2019 / 11:15 AM / 3 months ago

Queda na confiança dos negócios da Alemanha alimenta temores de recessão

BERLIM (Reuters) - A confiança dos empresários alemães despencou em julho para o nível mais baixo em mais de seis anos, mostrou uma pesquisa nesta quinta-feira, em mais um sinal de que a crise industrial está pressionando a maior economia da Europa para a recessão.

Os dados são um mau presságio para a economia dependente das exportações da Alemanha, que foi duramente atingida pela demanda externa mais fraca, pelas disputas comerciais e pela incerteza sobre o Brexit.

O instituto Ifo disse que seu índice de confiança de negócios caiu para 95,7, de 97,5 em junho em dado revisado para cima. A leitura de julho ficou abaixo da expectativa de 97,1. Este foi o quarto recuo mensal consecutivo e o nível mais baixo desde abril de 2013.

“O indicador econômico alemão mais importante sugere que a economia alemã está caminhando para uma recessão”, disse Thomas Gitzel, analista do VP Bank.

A expectativa é que o Produto Interno Bruto da Alemanha tenha encolhido no segundo trimestre, após uma expansão de 0,4% nos primeiros três meses sobre o período anterior. Outro trimestre de contração econômica equivalerá a uma recessão técnica.

O presidente da Ifo, Clemens Fuest, disse que a economia alemã está navegando em águas turbulentas, já que as empresas estão menos satisfeitas com a atual situação dos negócios e também olhando para frente com um ceticismo cada vez maior.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below