July 30, 2019 / 8:05 PM / in 3 months

Ibovespa fecha no vermelho com forte queda de Itaú

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa recuou nesta terça-feira com o setor bancário exercendo grande peso negativo sobre o índice, após a divulgação do balanço trimestral de Itaú Unibanco, ainda em meio a preocupações com o aumento das tensões entre Estados Unidos e China.

Bolsa de Valores de São Paulo 25/07/2019 REUTERS/Amanda Perobelli

O Ibovespa caiu 0,53%, a 102.932,76 pontos, de acordo com dados preliminares. O volume financeiro somava 14,98 bilhões de reais.

No cenário nacional, o destaque da sessão foi o movimento de realização nos papéis do segmento bancário, com Itaú Unibanco liderando a queda, mesmo após reportar alta de 10,2% no lucro recorrente do segundo trimestre, resultado em linha com expectativas dos analistas.

“Isso ocorre muito por conta do temor dos investidores sobre o que o crescimento dos bancos digitais pode significar no lucro dos bancos tradicionais”, afirmou o analista Felipe Silveira, da Coinvalores. “Mas em curto prazo é muito difícil ver qualquer sinal mais claro disso.”

As units do Banco Inter chegaram a subir mais de 20% nesta sessão, após o banco digital levantar 1,25 bilhão de reais em um oferta primária de ações e atrair o japonês SoftBank Group como acionista.

O aumento das tensões entre EUA e China influenciaram os mercados internacionais, após o presidente dos EUA, Donald Trump, advertir Pequim para não esperar o fim de seu primeiro mandato para finalizar o acordo entre os dois países.

Agentes financeiros ainda aguardam as reuniões de política monetária do Federal Reserve nos EUA e do Banco Central brasileiro, que devem resultar em cortes nas taxas de juros.

“A expectativa é um corte de 0,25 (ponto percentual) lá e aqui. Qualquer decisão fora disso será surpreendente”, disse Silveira, da Coinvalores.

DESTAQUES

- ITAÚ UNIBANCO PN caiu 3,3%. BRADESCO PN cedeu 2,1% e SANTANDER BR UNT recuou 3,1% em sessão de fraqueza do setor bancário do Ibovespa, tendo ainda de pano de fundo oferta de ações do Banco Inter, que não está no Ibovespa. As units do Banco Inter fecharam em alta de 17,5%.

- GPA PN valorizou-se 3,9%. Dados da entidade que representa a indústria de supermercados no país, Abras, mostraram que as vendas do setor em junho subiram 3,89% ante mesmo período de 2018. A entidade manteve previsão de crescimento de 3% para 2019.

- MULTIPLAN subiu 1,5%, revertendo perdas registradas mais cedo, após divulgar lucro líquido de cerca de 115 milhões de reais para o segundo trimestre, uma baixa de quase 21% sobre o desempenho de um ano antes.

- PETROBRAS PN recuou 0,5%, em sessão positiva para o petróleo no exterior, com o noticiário relacionado à estatal incluindo resultado de recompra de títulos e aprovação para que participe de oferta permanente de áreas para exploração e produção de petróleo e gás.

- VALE perdeu 0,5%, tendo no radar que os futuros do minério de ferro na China chegaram a subir mais de 3%, com expectativas de que as importações da matéria-prima do aço tenham continuado fracas em julho.

- CIELO ON avançou 1,2%. A empresa apresentou um desempenho mais forte do que o esperado e ganhou participação de mercado pelo segundo trimestre seguido em relação à Rede afirmou o analista do BTG Pactual Eduardo Rosman, ressaltando, contudo, que o cenário continua bastante desafiador para o setor de meios de pagamentos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below