August 5, 2019 / 3:58 PM / 2 months ago

Petrobras vai descomissionar 10 plataformas até 2020

Funcionários em plataforma da Petrobras na Bacia de Campos, RJ 21/04/2006 REUTERS/Bruno Domingos

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras vai descomissionar dez plataformas mais antigas até o ano que vem, e não prevê impacto na produção, pois tais unidades já não estão em atividade, disse o gerente da estatal para a área, Eduardo Zacaron.

As unidades a serem descomissionadas estão localizadas nas bacias de Campos, Sergipe-Alagoas e Espírito Santo.

O descomissionamento inclui FPSOs Cidade do Rio de Janeiro, Cidade Rio das Ostras e P-33, em Campos, e Piranema, na Bacia de Sergipe-Alagoas.

A desmobilização de Cidade do Rio de Janeiro e Cidade Rio das Ostras está prevista para este ano, e o descomissionamento dos demais equipamentos ocorrerá em 2020.

A empresa vai realizar ainda o descomissionamento das plataformas P-7, P-12 e P-15, em Campos, no ano que vem. O projeto da Petrobras prevê também a desmobilização em 2020 das plataformas PCA 1, 2 e 3.

“Não haverá impacto na produção porque já não produzindo mais”, disse Zacaron a jornalistas em evento da FGV Energia.

Segundo ele, outros projetos de descomissionamento estão sendo analisados internamente, mas não há um plano definido. Ele não comentou sobre os custos para o descomissionamento.

Por Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below